A transformação de um pai com o programa Baby Signs®

Esta transformação aconteceu com o pai cá de casa.

Desde que comecei a utilizar o programa Baby Signs® com a nossa filha, após um workshop para pais, que para ele era um assunto irrelevante. Como a nossa filha não é surda não lhe fazia sentido nenhum utilizar gestos com ela. Expliquei que o programa Baby Signs® é para bebés ouvintes e que nós, pais, só lhes estamos a dar ferramentas para que se possam exprimir sem lhes causar frustrações.

Falei de todos os benefícios, contei experiências de outros pais, mas foi uma explicação em vão. Eu continuava a ser a única que usava os gestos cá em casa, eu e a minha enteada que quando estava connosco usava e abusava dos gestos (os irmãos mais velhos adoram ensinar os mais novinhos).

O primeiro gesto da pequena surge por volta dos 6 meses e meio quase sete, que foi leitinho. Eu toda empolgada com o acontecimento conto ao pai o que tinha acabado de acontecer. O entusiasmo dele foi quase nulo. Não deu importância nenhuma ao acontecimento. Continuei a minha jornada de ensinar gestos à pequena, toda empolgada pois já tinha presenciado o seu primeiro gesto.

Até que certo dia aparece o segundo gesto que foi PAPÁ. Fui com a bebé ao pé do pai e perguntei à bebé quem era. E ela respondeu com o gesto “papá”. Aí a sua expressão mudou por completo, de sorriso de orelha a orelha e todo orgulhoso, diz: “muito bem meu bebé é o papá”.

A partir deste dia a atitude dele perante o programa Baby Signs® mudou por completo. Perguntava-me constantemente como se fazia este ou aquele gesto. Começou a comunicar mais com a nossa bebé. Até chegou a inventar gestos.

Hoje em dia a nossa pequena com 26 meses já não usa gestos, fala pelos cotovelos. Mas os gestos continuam a ser muito utilizados por nós pais. Quando nos estamos a ver mas não conseguimos falar, normalmente por estarmos afastados, usamos os gestos para comunicar.

O programa Baby Signs® não ensina somente os bebés a se expressarem, ensina também aos pais/cuidadores a verem o seu bebé como um ser comunicante, um ser que quer partilhar o que vê. Os pais/cuidadores deixam de ver o bebé como alguém que só come, dorme e faz as necessidades e que pacientemente ficavam à espera que ele conseguisse falar. Ao ensinar gestos ao bebé os pais/cuidadores vão fortalecer a relação com o seu bebé.

Adriana Coelho

instagram: gestos_com_alma

Email: adrianacoelho@babysigns.pt

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.