info@babysigns.pt

Os estudos incentivam-nos a usar os gestos com os nossos bebés.

Os estudos incentivam-nos a usar os gestos com os nossos bebés.

Os nossos bebés gostariam certamente de conseguir falar para nos contarem aquilo que querem, o desconforto que têm ou como se estão a sentir.

 

Estes pequenos seres atentos absorvem aquilo que dizemos, mas absorvem ainda mais aquilo que os seus olhos vêem. Devemos dar-lhes essa ferramenta? Os estudos dizem que sim.

 

A compreensão da linguagem é facilitada com a utilização dos gestos, uma vez que a via de input é a visual a mesma que é estimulada pelos próprios objetos ou situações a que se referem esses gestos, em contraste com a palavra falada, que utiliza a via auditiva (Karlan, Lloyd & Fristoe, 1983).

 

Não só as fundadoras do Programa Baby Signs®, Susan Goodwyn e Linda Acredolo têm encontrado vantagens na utilização dos gestos na comunicação com os bebés. Estas, numa das suas pesquisas, verificaram que crianças que receberam intervenção através do gesto quando comparadas com crianças cuja intervenção se baseou na linguagem falada, mostraram vantagens ao nível das competências de linguagem expressiva (Acredolo & Goodwyn, 2000).

 

Outras revisões da literatura têm revelado que os gestos facilitam as competências comunicativas nas áreas de vocabulário, fala e pragmática (Fonte & Lloyd, 2008). As mesmas autoras sugerem que os gestos devem ser usados nas atividades diárias para aumentar estas competências na criança (Fonte & Lloyd, 2008).

 

Artigo relacionado: Os gestos como etapa natural no desenvolvimento infantil

 

Não só nas crianças com desenvolvimento típico, mas também nas crianças com perturbações no desenvolvimento, os estudos mostraram que a junção dos gestos com a linguagem falada facilita o desenvolvimento da comunicação na criança pequena (Wright, Kaiser, Reikowsky, & Roberts, 2013).

 

Artigo relacionado: Benefícios do Programa Baby Signs® em crianças com necessidades educativas especiais

 

Em Portugal pouca investigação tem sido feita nesta área, ainda assim a evidência científica parece encorajar-nos para a utilização do gesto que embora benéfico para o desenvolvimento da linguagem e da fala, tem mostrado ser divertido para pais e bebés, tem promovido as relações entre ambos acabando por facilitar o dia-a-dia. Parece extraordinário! Vamos experimentar?

Artigo relacionado: Quando inscrever-me num workshop e começar a usar o Programa Baby Signs® com o meu bebé?

 

Margarida Luz

Adicionar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Ao publicar um comentário neste site, concordas com a politica de privacidade do site acerca de como os teus dados são guardados e geridos.